sábado, 13 de junho de 2009

Flores para uma flor


 

 

 

 

E ontem foi dia dos namorados. O mundo se tornou um lugar mais colorido depois disso. Bonito mesmo. As donas das floriculturas são sempre os seres mais alegres com a proximidade desta data.
As namoradas esperam nas portas de suas casas, nas ruas dos canaletes os namorados. Sempre tem aquela esperança, vai vir presente...Ai dele que não dê o tal do presente.
Estava eu na rua, com os coturnos quentes (abriu um sol do caralho ontem) e vi uma figura bem estranha. A tal da guria ia cair no choro. Ela olhava o celular, e a maquiagem parecia que ia borrar a qualquer momento. Ela olhava e reolhava. E nada. Eu sentei-me em um canto para observar o espetáculo. Como elas se prestam eu não sei. Mas se prestam. Esperava, tinha uma caixinha nas mãos. Provável presente.
Ela era bonita. Cabelo comprido, toda de rosinha e parecia ser bem novinha. Algo entre uns 15 anos. Toda arrumadinha, uma boneca. E aguardava. Ela recebe uma ligação e espera. Mais meia hora tomando sol. Como não tenho muito o que fazer da vida, fiquei por ali... Só para ver no que dava.
Quando eu vejo a criatura que me aparece... Eu caio no riso. É gordo, daqueles que são uma escultura de carne ambulante, e estranho. E ela o abraça. E se perde no meio da banha. Miudinha do jeito que era...  Ele tinha um ramalhete de flores,  só para ela. E um sorriso, atrasei. Perdoa eu amor? E ela acariciou o rosto dele e o beijou no rosto. Acho que pude ouvir um eu te amo vindo dela. E como minha visão é boa, vi um sorriso do lado dele.
Eu olhei no relógio. Quando cheguei era 14:30. Agora eram 17:00. Ela feliz. Ele feliz também. Ela ficou duas horas e meia o esperando.
Realmente, creio que uma floricultura seja um ótimo negócio.

8 comentários:

Suzi Lima (Srta. Ilusão) on 13 de junho de 2009 18:51 disse...

Nota 1:Muito verossimil para ser mentira. sabe que, se eu não soubesse a sua verdadeira identidade, até me deixaria enganar....

O texto foi bem escrito.

Suzi Lima (Srta. Ilusão) on 13 de junho de 2009 18:54 disse...

Nota 2: ainda hoje um amigo me perguntou se eu "não senti falta". daí, você me pergunta: falta do quê?

falta de um namorado , ontem , no dia dos namorados...Eu disse que não..mas que talvez sentisse, sei lá...

Essa mesma pessoa me disse que nunca deu flores para alguém, que gostaria e que seria "bacana".

eu respondi: sim , seria bacana. que um buquê custava 50 reais, mas que faria alguém feliz.

Ele respondeu que colheria flores do cemitério [não dos túmulos, se foi isso que entendeu].

Suzi Lima (Srta. Ilusão) on 13 de junho de 2009 18:55 disse...

Nota 3: nunca recebi flores...quem sabe um dia, heim?

mas, gostava do dia dos namorados quando tinha um =)

Suzi Lima (Srta. Ilusão) on 13 de junho de 2009 18:57 disse...

Nota 4: vender flores nessa época me parece um ótimo negócio...
=)

parece-me que as flores servem como barganha quando se quer o perdão de alguém.

Suzi Lima (Srta. Ilusão) on 13 de junho de 2009 19:00 disse...

Nota 5: O cara da história era gordo? Daí as pessoas deveriam pensar..."mas ela gosta disso?!".É, ela gostou do cara gordo porque quando estamos apaixonados somos meio cegos,sabe?

Suzi Lima (Srta. Ilusão) on 13 de junho de 2009 19:01 disse...

Nota 6:Esse "flores para uma flor" não soou meio falso?

deu impressão...

Anônimo disse...

Só otarias mesmo para namorarem caras gordos.
E só cabaços mesmo para ficarem com gordas leprosas mimadas de apartamento.

Anônimo disse...

Nota 9: muito bom! mostra a paciência q algumas mulheres tem com os homens... ficar horas esperando... mas foi preconceituoso com os gordos.

 

Sinfonia do Caos Blak Magik is Designed by productive dreams for smashing magazine Bloggerized by Ipiet © 2008